Mato Grosso: Programa ‘Busca Ativa’ ajuda no retorno de crianças e adolescentes às escolas

Enfrentamento à evasão e ao abandono escolar no estado do Mato Grosso

09/02/2023 20:37:54
Sergio Roberto

Um grupo de trabalho encabeçado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e pela União dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME) está mobilizado para o enfrentamento à evasão e ao abandono escolar no estado do Mato Grosso.

A mobilização envolve parcerias interinstitucionais para garantir a promoção do direito à educação de meninos e meninas mais vulneráveis nos 141 municípios mato-grossenses, por meio do projeto Busca Ativa Escolar.

Desde o início deste ano, 2,3 mil crianças e adolescentes que estavam fora da escola foram identificadas e acompanhadas pela estratégia.

Campanha de comunicação para rádios

Uma das ações realizadas na mobilização é a campanha de comunicação com spots destinados para emissoras de rádio do Estado. Esses áudios são de livre reprodução. Trazem mensagens de sensibilização e divulgam a estratégia da busca ativa.

Comunicador, faça parte do combate à evasão escolar no Mato Grosso. Baixe e utilize os spots em sua programação!

Busca Ativa Escolar

A Busca Ativa Escolar é uma metodologia social e uma ferramenta tecnológica gratuita que auxilia os municípios na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes em situação de evasão, abandono ou infrequência escolar. A plataforma possibilita ao Estado e aos municípios disporem de dados concretos para o planejamento, desenvolvimento e implementação de políticas públicas que contribuam para a garantia de meninos e meninas.

Para Cláudio Melo, gerente de projetos do Instituto Peabiru, uma das organizações responsáveis por mobilizar os municípios para execução da estratégia, a realização de capacitações fortalece o projeto nos municípios e reflete diretamente no uso da plataforma. “Ao longo do ano, realizamos 8 capacitações remotas e presenciais para implementação da estratégia e uso da plataforma. Temos 665 profissionais capacitados em 122 municípios do Estado de Mato Grosso. De agosto pra cá, os números cresceram bastante, saímos de 400 (re)matrículas para 2.300 em dezembro. Sabemos que cada número desse representa uma criança ou adolescente com seu direito à educação garantido. O sistema ainda ajuda o município a entender o próprio cenário da exclusão escolar”, declara.


bemtv- sbt
Fonte: Enfoque Business



Outras Notícias Relacionadas