Municípios do polo Tangará da Serra estão entre os 30 com maior valor de produção do Brasil

O Agro coloca Mato Grosso em posição de vanguarda no Brasil e, também, como um dos grandes destaques no mundo

17/03/2023 04:28:26
Reprodução

O Agro coloca Mato Grosso em posição de vanguarda no Brasil e, também, como um dos grandes destaques no mundo. Para se ter uma ideia, a safra recorde de 44,3 milhões de toneladas de soja nesta temporada 2022/2023 colocaria Mato Grosso como o terceiro maior produtor mundial do grão se o estado fosse um país, superando a Argentina.

1/5 do VPA

A unidade da federação com maior valor de produção em 2021 foi Mato Grosso, maior produtor de soja, milho e algodão do país. Em 2021, a produção do estado gerou R$ 151,7 bilhões, um aumento de 91,5%. Cerca de 1/5 (20,4%) do valor de produção agrícola do país se concentra no estado.

Municípios em destaque

Mato Grosso possui 18 municípios entre os 30 com maior valor de produção das principais culturas agrícolas do Brasil. Os dados, referentes a 2021, são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Naquele ano, o valor de produção das principais culturas agrícolas do país atingiu o recorde de R$ 743,3 bilhões, um crescimento de 58,6% em relação ao ano anterior.

Sapezal, no Chapadão dos Parecis: maior produtor nacional de algodão em 2021.

Sorriso, no eixo da BR-163, lidera a lista dos maiores valores de produção. O município se destaca pela produção de soja e milho, respondeu sozinho por 1,3% do valor de produção total, alcançando R$ 10 bilhões de reais, um crescimento de 86,4%.

Mas o que chama atenção é a região do Chapadão dos Parecis, que tem Tangará da Serra como município polo. Nesta região, Sapezal, Campo Novo do Parecis, Diamantino, Campos de Júlio, Brasnorte e o próprio município de Tangará da Serra ostentam colocações entre os 30 maiores valores da produção agrícola nacional.

Sapezal vem logo atrás de Sorriso, figurando como 2º no ranking dos maiores VPAs do Brasil. O município é maior produtor nacional de algodão e teve um crescimento de 111,6% na produção em 2021, chegando a R$ 9,1 bilhões, ou seja, mais que o dobro do valor alcançado no ano anterior.

Outros dois municípios mato-grossenses se destacaram com um salto no ranking entre 2020 e 2021: Diamantino (MT), que aumentou em 125% o valor de produção, saindo de 10º para 5º colocado, e Querência (MT) que saiu da 18ª para a 10ª colocação, aumentando em 144,9% o valor de produção.

Destacando os 100 municípios brasileiros com maiores valores de produção agrícola, Mato Grosso detém nada menos que 34 municípios entre os principais no quesito.

Veja tabela a seguir (municípios do MT em azul):


bemtv- sbt
Fonte: Enfoque Business



Outras Notícias Relacionadas